Impenetrable  Otto Berchem
bbblbbbr
Abertura

09 de junho, 2015

Período Expositivo

10 de junho, 2015 a 01 de agosto, 2015

Press Release [PDF] ↓

A Galeria Pilar apresenta pela primeira vez no Brasil uma exposição apresentando obras do artista Otto Berchem. Nascido nos USA (Milford, Connecticutt), o artista de 48 anos vive e trabalha em Bogotá, Colombia, onde vive desde final dos anos 1990. Otto desenvolveu nos últimos anos, uma carreira sólida, marcada por participações em exposições coletivas e individuais, bem como feiras de arte internacionais tanto nas Americas quanto na Europa. Possui obras em acervos importantes tanto institucional quanto em coleções privadas, a saber: Rijksakademie van Beeldende Kunsten, Amsterdam (NL) Artimo Foundation, Breda (NL) Centraal Museum, Utrecht (NL), Achmea Kunstcollectie, Zeist (NL), AMC Kunstcollectie, Amsterdam (NL), H+F Collection, Barcelona e FRAC Nord-Pas de Calais, France.

Em sua formação se destacam, passagens por centros de formação em Amsterdam (Rijksakademie van beeldende kunsten, Holanda); Escócia (Edinburgh College of Art) e Nova York, Parsons School of Design.

Para a exposição aqui no Brasil apresentaremos cerca de 15 trabalhos entre telas, fotos e instalações que percorrem os últimos 10 anos de carreira do artista. A seguir, apresentamos um texto versando sobre a exposição Impenetrable: “No trabalho de Otto Berchem tanto a linguagem como o território são sistemas de convenções, aceitos e utilizados para definir, comunicar e moldar o pensamento humano. Esta exposição, organizada pela Galeria Pilar, versa sobre as múltiplas tensões entre códigos, simbologia e paisagem ideológica. O artista interpreta a história recente da América Latina utilizando um sistema de símbolos criadoe usado por trabalhadores migrantes, chamados de hobos, do final do século XIX até a Grande Depressão do século XX nos EUA. Com esse sistema (anteriormente empregado pelo artista para mapear Istambul e Bogotá) e com o uso de um alfabeto cromático próprio, Berchem cria uma ponte entre seu passado como americano e os novos territórios que ele explora.

Bandeiras não representam apenas territórios geográficos. São poderosas porque são símbolos das ideologias por trás delas. Com a instalação Impenetrable (Impenetrável), bandeiras de movimentos revolucionários latino-americanos são traduzidas para o alfabeto cromático de Berchem para criar um novo objeto que representa um território particular, impenetrável para quem não conhece o código.

Revisitando a tradição moderna do penetrável, utilizado por alguns dos mais emblemáticos artistas modernos latino-­americanos, Otto Berchem joga novamente com a ideia de examinar a história da arte com sua experiência.